Clínica de recuperação em Goiânia

Entre em contato

Clínica de recuperação: Quando recorrer e qual é momento certo para buscar ajuda?

 

Uma clínica de recuperação em Goiânia é um ambiente totalmente especializado para receber pessoas que desenvolveram a dependência química ou alcoólica. Você já encontrou alguma pessoa que tenha feito o uso de drogas e provocou a destruição da sua própria vida? Infelizmente é comum encontrarmos casos extremamente avassaladores de dependência química. Mas o que fazer? Como buscar ajuda? Qual é o momento exato para encontrar uma clínica de recuperação em Goiânia? No artigo de hoje o Grupo Flor de Liz irá auxiliar famílias que buscam de alguma forma suporte.

O consumo pelo álcool, cigarro e até maconha, leva uma pessoa a entrar em estado de negação. Expressões como “consigo parar quando quiser”, é uma falsa idealização em que usuários de drogas acreditam. Durante o consumo a prática se torna uma compulsão, ou seja, o usuário aumenta cada vez mais a frequência. O corpo lentamente fica resistente ao produto, e sem perceber entra em estado de fissura. O termo tem como significado o descontrole no uso, consumindo desesperadamente ou trocando para substâncias químicas mais potentes.

O que fazer quando se perde o controle? A única opção é buscando ajuda do Grupo Flor de Liz para encontrar uma clínica de recuperação em Goiânia segura e responsável. Uma pessoa totalmente dependente de drogas se torna agressiva e impulsiva, levando a cometer atitudes totalmente inconsequentes. É importante que a população tenha conscientização das graves consequências das drogas lícitas e ilícitas. Afinal, por que há diferença? O que difere as drogas lícitas e ilícitas? Entenda abaixo a diferença e a banalização entre ambas as classificações.

 

Por que as drogas lícitas levam pessoas a buscarem tratamento em uma clínica de recuperação?

 

Para que você entenda da melhor forma possível, a droga lícita são substâncias químicas autorizadas livremente na sociedade. Dentre essas classificações podemos encontrar o álcool, cigarro e a medicação sem prescrição médica. A venda e o consumo são totalmente banalizados, aumentando cada vez o consumo de drogas lícitas. As substâncias ilícitas são drogas não autorizadas pela sociedade, como por exemplo a maconha, LSD, MDMA, cocaína, crack e dentre outros. Há uma vasta opção no narcotráfico, fazendo com que pessoas percam a sua instabilidade emocional e física.

Não é de hoje que encontramos propagandas estimulando o consumo de drogas lícitas, mas por que a sociedade normaliza o ato? As drogas ilícitas estimulam rapidamente a dependência química. A droga na região cerebral produz excessivamente a dopamina, alterando os comandos da mente e corpo e mudando a percepção que o indivíduo tem sobre o mundo. Não necessita de muito para sentir os efeitos provocados. Com isso, há uma alta probabilidade de entrar na dependência com facilidade.

Substâncias lícitas também alteram a forma pelo qual o indivíduo enxerga o mundo, o abuso do produto gera a dependência. Além de provocar graves problemas a saúde física, provocando a morte. O consumo pode estar disfarçado em alguma frustração, tristeza ou a procura por alegria e bem-estar. Mas será que é a forma mais assertiva para viver a vida? O álcool e medicação sem prescrição médica exige a internação em uma clínica de recuperação em Goiânia. Você sabia disso? Evite o uso, ou procure ajudar quem precisa.

 

Tudo o que você precisa saber sobre a internação em uma clínica de recuperação

 

Com o suporte do Grupo Flor de Liz, os familiares decidirão se o adicto realizará a internação voluntária, involuntária e compulsória.

  • Internação voluntária:Com o consentimento do adicto;
  • Internação compulsória: A internação compulsória independente do consentimento do adicto, a internação acontece por ordem judicial;
  • Internação involuntária: O adicto não está consentindo com a internação e o procedimento acontece apenas por ordem familiar.

Após a definição do procedimento e a chegada do adicto na clínica de recuperação em Goiânia, acontecerá uma avaliação médica, desintoxicação e processo de ressocialização.

  • Avaliação médica: O processo tem por objetivo ter conhecimento das situações físicas e mentais do paciente. Além de ter conhecimento das drogas que o usuário fazia o uso, dosagens, grau de dependência, período e doenças psíquicas desenvolvidas.
  • Desintoxicação: Fazer a retirada das substâncias químicas de uma vez provoca graves crises de abstinência, e uma abstinência não controlada desencadeia a morte. Inicialmente serão realizados o uso de medicações, para ajudar a controlar à vontade do adicto. No meio da internação até o final, o paciente precisará viver sem o uso de qualquer substância química no corpo. A alimentação e a prática de atividades físicas trabalharão juntas no processo de desintoxicação.
  • Ressocialização: Terapias comportamentais individuais ou em grupos e palestras, fazem parte da ressocialização do individuo na sociedade. Como foi descrito acima, a conscientização é importante para evitar o uso de drogas. Não há tempo perdido enquanto houver vida, a dependência química exige tratamento. Quantas pessoas já morreram em decorrer a overdose? A família tem um papel fundamental na recuperação do dependente químico. Ajude quem precisa!

Qual é o momento certo para encontrar uma clínica de recuperação?

 

Famílias são ligadas emocionalmente ao dependente químico, e por muitas vezes o adicto entre em processo de negação, e não pensa em ninguém a sua volta. O Grupo Flor de Liz orienta para que famílias busquem por ajuda, quando:

  • O dependente químico põe a sua vida e a vida de outras pessoas em risco;
  • Desenvolve um comportamento agressivo, irritado, nervoso e impaciente;
  • Aumenta descontroladamente o uso de drogas;
  • Se isola de amigos e familiares;
  • Perde tudo o que tem em decorrer ao vício;
  • Mora nas ruas e comete furtos e roubos para sustentar a dependência;
  • Sua conduta e comportamento são modificados, transformando-se em outra pessoa.

Agora você sabe o momento certo de buscar ajuda, o processo de negação em que o adicto está incluso infelizmente é comum, e se não houver interferência de familiares, há grande probabilidade de o dependente químico vir a falecer. Se você quer estimular a internação voluntária:

  • Mostre apoio;
  • Proteção;
  • Procure ouvir o adicto sem condená-lo;
  • Converse com calma e tranquilidade;
  • Mostre como era a vida antes e depois do uso de drogas;
  • Estimule a procurar por ajuda.

 

A importância de uma clínica de recuperação

 

Você consegue perceber a importância de uma clínica de recuperação em Goiânia no processo de ressocialização? Médicos, psicólogos, enfermeiros, nutricionistas e supervisores são profissionais qualificados para o tratamento. Além do mais, a clínica de recuperação em Goiânia é a única forma para tratar a dependência. Por mais que a dependência não tenha cura, é necessário o tratamento. Podemos encontrar relatos de pessoas que encontraram saída em meia a dificuldade, o caminho será difícil, mas não impossível.

Com base no artigo de hoje, você pensa em alguém que é viciado em narcóticos? Procure ajudá-lo, busque ajuda de uma clínica de recuperação em Goiânia. Se você está em dúvida do lugar correto, ou se sente confuso em procurar o lugar ideal, entre em contato com o Grupo Flor de Liz. A instituição ajuda familiares diariamente a encontrar o lugar mais próximo e acessível com base nas necessidades do adicto. Busque por ajuda!

A clínica de recuperação em Goiânia é o único lugar para realizar o tratamento. Durante a procura tenha conhecimento do lugar, os profissionais disponíveis na área, a localidade e o espaço. Pesquise o lugar ideal com base nas necessidades do adicto, a recuperação será longa e duradoura. Independente de como será realizado o processo de internação, a recuperação será a mesma para as demais, apenas individualizando cada atendimento. Busque ajuda do Grupo Flor de Liz